O grupo

Histórico

gom-branca

O Grupo Oficcina Multimédia pertence à Fundação de Educação Artística desde 1977 quando foi criado pelo compositor Rufo Herrera no Curso de Arte Integrada do XI Festival de Inverno da UFMG. O espetáculo “Sinfonia em Ré-fazer” (1978) inaugurou a linguagem multimeios e, pela primeira vez, levou para o palco os instrumentos de Marco Antônio Guimarães (UAKTI) integrados ao texto, movimento e material cênico.

Desde 1983, sob a direção de Ione de Medeiros, o Grupo mantém um permanente trabalho de corpo, voz, rítmica corporal e pesquisa de material cênico, no processo de elaboração de seus espetáculos.

Os diversos espetáculos montados desde então, gradualmente foram configurando o atual perfil do Grupo Oficcina Multimédia, que hoje se define pela consolidação da multiplicidade da informação; pela elaboração não-hierárquica entre os diversos elementos da linguagem multimeios; pela flexibilidade na busca de fontes referenciais para as montagens; pela liberdade de expressão criativa sempre fiel à experimentação e ao compromisso com o risco; e por uma concepção de grupo onde o repertório de cada montagem é o resultado da participação criativa de todos integrantes do elenco.

Como resultado, o Grupo conquistou o respeito do público e vários espetáculos montados, estiveram presentes em eventos culturais diversificados, além de representar o país em festivais nacionais e internacionais no Brasil e no exterior. Paralelamente, o Grupo idealiza, promove e participa de vários eventos culturais referentes a diferentes áreas da criação artística como o Verão Arte Contemporânea, (desde 2007) o Bloomsday, (desde 1990) , a Bienal dos Piores Poemas (Literatura- desde de 1998) o Kafé k Cultural (Artes Plásticas: instalações, vídeo, cinema e palestras- em 2006 ) e o MARP (Movimento de Arte e Reflexão Política -4 edições no ano de 2006).

Em 2017 , o GOM comemora 40 anos ininterruptos de atuação cultural na cidade.

Currículo

2016

  • 10ª Verão Arte Contemporânea – BH (MG) Coordenação, realização e produção do evento
  • Estreia do espetáculo “Macquinaria 21″(inspirado em Macbeht de Shakespeare)  no 48ª festival de inverno da UFMG
  • Realização do Bloomsday BH (evento comemorativo ao escritor James Joyce), no Centro Cultural Banco do Brasil
  • Residência “Rítmica no espaço cênico”, realizada pelo Grupo Oficcina Multimédia (GOM) na cidade de Ouro Preto

2015

  • IX Verão Arte Contemporânea – BH (MG) Coordenação, realização e produção do evento
  • Participação no concerto “O Bandoneón na música contemporânea”, no IX Verão Arte Contemporânea
  • 10º Festival Le Manifeste, em Grande-Synthe, França, com o espetáculo “Aldebaran”.

2014

  • Participação no evento Diálogos Cênicos com o projeto quem conta um conto aumenta um ponto com textos de Anton Tchekhov e James Joyce.
  • Apresentação do espetáculo “Aldebaran” 6° FIT Dourados (MS), no 6° Festival Nacional de teatro de Itaúna (MG), 12° FIT-BH (MG) e no VIII Verão Arte Contemporânea – BH, (MG).
  • 12° FIT-BH (MG) com o espetáculo “Aldebaran”.
  • Participação no projeto “Leituras Raras” – Memorial Minas Gerais Vale – Monólogos “Os Males do Tabaco” de Anton Tchekhov
  • VIII Verão Arte Contemporânea – BH, (MG) – Coordenação, realização e produção do evento

2013

  • VI Encontro de grupos de São João Del Rei
  • Estreia nacional do espetáculo “Aldebaran” em Belo Horizonte e turnê pelo sul (Curitiba, Porto Alegre e Florianópolis), realizada com recursos do  Projeto Aldebaran, patrocinado pela Petrobras através do Programa Petrobras Cultural.
  •  VII Verão Arte Contemporânea – BH, (MG) – Coordenação, realização e produção do evento
  • Apresentação do espetáculo “Play it again” no evento Multifonias, na Fundação de Educação Artística  – BH/MG.
  • Conexão Alemanha Bahia, (BA) – Realização em Salvador do curso de Rítmica Corporal.

2012

  • VI Verão Arte Contemporânea – BH, (MG) – Coordenação, realização e produção do event
  • Apresentação do espetáculo ‘’Play it again’’ no VI Verão Arte Contemporânea – BH, (MG), e no 11º Festival Internacional de Teatro de Belo Horizonte (FITBH), (MG) .
  • Turnê pelo sudeste (RJ, SP e BH) com o espetáculo ‘’As últimas flores do jardim das cerejeiras ,” realizada com recursos do Projeto Aldebaran, patrocinado pela Petrobras através do Programa Petrobras Cultural.

2011

  • 17º Festival de Inverno de Itapcerica, (MG) – Realização do curso de Rítmica Corporal, ministrado pela diretora Ione de Medeiros do GOM, e do seu assistente de direção Jonnatha Horta Fortes.
  • V Verão Arte Contemporânea – BH, (MG) – Coordenação, realização e produção do evento, e apresentação do espetáculo ‘’As últimas flores do jardim das cerejeiras “ na Galeria Mari`Stella Tristão da Fundação Clóvis Salgado.

2010

  • Festival Internacional de Teatro de Belo Horizonte ( FITBH) – Belo Horizonte, (MG), apresentação do espetáculo ‘’As últimas flores do jardim das cerejeiras”.
  • IV Verão Arte Contemporânea – BH, (MG) abertura do evento com instalação homenageando Piet Mondrian, com participação dos atores do Gom e Grupo de Percussão da UFMG.
  • 9ª Edição do GOIÂNIA EM CENA – Festival Internacional de Artes Cênicas de Goiânia (GO)- apresentação do espetáculo : Bê-á –BA Brasil.
  • 23º Inverno Cultural São João del Rei (MG) – apresentação do espetáculo : Bê-á –BA Brasil.

2009

  • III Verão Arte Contemporânea – BH, (MG)- idealização, e realização do evento e coordenação da abertura com desfile de moda temático realizado na galeria do Teatro Klauss Vianna- Oi Futuro e apresentação da performance Um dia com Teseu e outro com Ariadne- que deu origem ao espetáculo As últimas flores do Jardim das Cerejeiras.
  • Turnê pelas cidade de Minas – Patos de Minas, Ouro Preto, Ipatinga, Belo Horizonte com o espetáculo Bê-á b´å Brasil- dentro do projeto- Intercâmbio artístico com patrocínio da USIMINAS, via Lei Estadual de Incentivo a Cultura.

2008

  • Temporada de “A Acusação” e “Bê-a-bá BRASIL” em Salvador (BA)
  • Cena Contemporânea de Minas – TUSP – São Paulo (SP)-apresentando A Acusação
  • II Verão Arte Contemporânea – BH, (MG) apresentando o espetáculo – Bê-a-bá Brasil- no Grande teatro do Palácio das Artes- BH
  • Realização de oficina- no 40º Festival de Inverno da UFMG- em Diamantina- por Ione de Medeiros e seus assistente Jonnatha Horta Fortes

Segue currículo sucinto dos anos de 2007 a 1996

2007

  • Circuito de Festivais Internacionais da Argentina coordenado pelo Instituto INTPRESENTA.
  • Verão Arte Contemporânea- BH/MG

2006

  • Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto (SP)

2005

  • 3º Festival do Teatro Brasileiro – Cena Mineira (DF)

2004

  • IV Mostra Internacional de Teatro de Grupo (Itajaí,SC)

2003

  • Festival Internacional de Londrina (PR)

2002

  • IV Encontro de Compositores e Intérpretes Latino Americano (Fundação de Educação Artística- BH, MG)
  • Festival Internacional de São José do Rio Preto (SP)

2000

  • Festival Balaio Brasil (SESC Anchieta / São Paulo, SP)
  • Festival Internacional de Teatro/FIT- Caracas (Caracas-Venezuela e interior)
  • Festival Internacional de Teatro/FIT (BH, MG)

1998

  • Festival Internacional de Teatro/FIT (BH, MG)

1997

  • XXIX Festival de Inverno da UFMG (Ouro Preto, MG)

1996

  • VI Festival Internacional de Artes Cênicas/FIAC (São Paulo, SP)
  • Festival Internacional de Teatro/FIT (BH, MG)

O G.O.M. e a Fundação de Educação Artística

O Grupo Oficcina Multimédia, desde sua criação pertence à Fundação de Educação Artística, compartilhando com ela o mesmo espírito de criação e divulgação de artistas verdadeiramente comprometidos com a arte.

‘’Encontrei na Fundação o respaldo para nossa pesquisa cênica abrangente e o suporte para a continuidade de nossas atividades, priorizando na música a fonte geradora de tudo que resultaria na atual linguagem multimeios’’, ressalta Ione de Medeiros.