Bienal dos Piores Poemas

Sinopse

A Bienal dos Piores Poemas promovida pelo Grupo Oficcina Multimédia, foi criada no ano de 1998, com o objetivo de abordar a arte da escrita, sob uma ótica lúdica e divertida. A intenção foi abrir espaço para a participação de interessados, em arriscar e investir no gesto da escrita, livres de qualquer vínculo com currículos, e demais burocracias. A única regra está relacionada ao prazo de entrega e a forma da inscrição que sempre é feita por um pseudônimo. Isto abre espaço para que todos possam se inscrever, não importando a idade ou nível de instrução, mas incluindo nesta proposta a abertura para aqueles com mais experiência, que se inscrevem, interessados em escrever um poema ruim. A definição do que seria um poema ruim sempre foi discutida e questionada porque, o desafio é fazer um bom poema ruim e isto não é fácil. Por outro lado, a proposta encoraja a participação do público porque, não ser premiado numa bienal desta categoria nunca incomodava ninguém mas curiosamente, todos os premiados ficam muito felizes com esta possibilidade e comemoram o prêmio como uma grande conquista. A bienal dos piores poemas,vem se mantendo a cada dois anos com um mesmo texto de abertura, e de encerramento, que vem sendo lidos em todas as edições.Esta repetição ironiza a formalidade que costuma caracterizar os discursos de eventos oficiais, uma vez que estes mantém um formato convencional, sem apresentar qualquer novidade. Para cada edição da Bienal, escolhemos um tema diferente que norteia a feitura dos poemas e define quais os premiados. As inscrições são sempre feitas via internet, mas alguns poemas chegam pelo correio . Uma banca reúne literatos de BH que se juntam para escolher os”melhores dos piores”, e eles aceitam , sem receber qualquer ajuda de custo, apostando nesta boa idéia. No ano de 2012, a Bienal dos Piores Poemas chega em sua 8ª edição confirmando sua integração no panorama cultural de BH e incentivando cada vez mais a participação democrática de todos aqueles que se dispõem a arriscar nesta área da criação e apostam neste investimento.

Fotos

BPP7  - Bienal sobrenatural - cred. Randolpho LamonierBPP7  - Bienal sobrenatural 2 - cred. Randolpho LamonierBPP7  - Bienal sobrenatural 3 - cred. Randolpho LamonierBPP7  - Bienal sobrenatural 4- cred. Randolpho LamonierBPP7  - Bienal sobrenatural 5- cred. Randolpho Lamonier